Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2018

Interlocuções em Neuropsicologia: o processamento emocional na Síndrome Burnout

Imagem
Uma revisão nos achados acerca da Psicologia do Trabalho nos permite afirmar que as abordagens progridem da ênfase na manutenção da funcionalidade fisiológica do trabalhador, para a ergonomia do ambiente de trabalho e, contemporaneamente, ao foco no trabalhador na tríade saúde-doença-produtividade. Embora a Neurociência tenha feito avanços significativos no mapeamento cerebral de determinados processos mentais e do processamento emocional humano, devemos ficar atentos às implicações desses avanços para que não levem a visões reducionistas da pessoa e da experiência humana – cujo regime de verdade é seja a individualização dos problemas sociais e do comportamento. A interlocução Saúde do Trabalho e Neurociência pressupõe o comprometimento cognitivo como objeto conformado junto ao nexo causal e ao dano, para consequente manejo do processamento emocional tipificado pela exaustão, despersonalização e baixa realização profissional. O reconhecimento do problema, no âmbito da Neuropsicológic…