Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

Linguagem

Imagem
Definida em associação com aspectos linguísticos (aspectos fonológicos e sintáticos| organizado segundo regras; aspectos semânticos e pragmáticos| conteúdo lexical e dos discursos), cognitivos (transformação de estímulos do ambiente em conhecimento e organização, recuperação e transformação) e sociais (a pragmática| indicações sobre práticas sociais da linguagem).
Lesões frontais e temporais: déficit em nomeação de categorias específicas. Lesões subcorticais: déficit de ativação. Lesões no hemisfério não dominante: alterações de aspectos cognitivos, linguísticos-pragmáticos, atencionais-perceptuais.  
Transtornos na Linguagem Oral
- Afasias (alterações na fluência, na compreensão e na repetição). - Distúrbio de fonação (Disfonia) - Distúrbio de articulação da palavra (Disartria e Dislalia) -  Distúrbio de Ritmo - gagueira - Retardo no desenvolvimento da fala - Disfasia  (transtorno específico de linguagem oral)
Transtornos na Linguagem Escrita
- Dislexia (disfonética, diseidética,…

Memória

Imagem
Diretamente relacionada com a possibilidade de o indivíduo remeter-se a experiências expressivas e impressivas que o auxiliam nas experiências atuais e projetam-se nas prospecções e programas futuros. As experiências passadas contribuem na modificação do comportamento presente e futuro.
Processos de memória
- Codificação Processamento de informação que será armazenada.
- Armazenamento Retenção ou conservação que envolve o fortalecimento das representações enquanto estão sendo registradas. A reconstrução ocorre ao longo da utilização e da entrada de novas informações.
- Resgate Processo de lembrança da informação anteriormente armazenada. Ocorre a busca por informações armazenada e o reconhecimento de estímulos anteriormente registrados junto a novos estímulos. Indivíduos com Alzheimer, em estágio inicial, podem apresentar comprometimento no resgate de palavras e apresentar reconhecimento normal.


Tipologia
Memória Explícita (declarativa) – capacidade de armazenar recordação conscien…

Atenção

Imagem
Os níveis atencionais variam ao longo do dia e dos dias. A atenção é primordial em nosso cotidiano: nossas atividades mentais ocorrem imersas na recepção de estímulos, que devem ser selecionados de acordo com nossos objetivos, interesses e necessidades.
Transtornos que cursam com comprometimento da atenção: TDAH, TCE, AVC, ACE, esquizofrenia, dislexia, transtornos invasivos do desenvolvimento.
Aspectos avaliáveis:
- alertness = nível de alerta e de ativação. - seletividade = necessidade de não processar tudo que é percebido. Atenção Seletiva. - alternância = alternar estímulos sucessivamente. Atenção Alternada. - divisão = focar em dois estímulos distintos simultaneamente. Atenção Dividida. - sustentação = capacidade de manter o foco atencional por tempo prolongado. Atenção Concentrada.
Neurofisiologia da Atenção
Circuitos atencionais: rede de atenção visual, rede executiva (reconhecimento de um objeto e que ele atende a um objetivo pré-determinado), rede de vigilância (manutenção do…

Redes Neurocognitivas

Estudos acerca da importância das redes neurocognitivas representam a superação do modelo localizacionista e a aproximação com o modelo holístico, no qual as todas as áreas corticais são recrutáveis na assunção das funções cognitivas.
As áreas cerebrais participantes cooperam para a execução de múltiplas funções e há, conjuntamente, o processamento paralelo. Neste processamento, os circuitos podem inibir ou facilitar a atividade do córtex de origem.
Os macrosistemas anatomofuncionais cerebrais podem ser assim dinamizados: amígdala (receitada no processamento das informações sobre o risco potencial, produção de respostas de medo e fuga), córtex orbitofrontal (sensível a estímulos positivos, de gratificação e de escolha de comportamento) e inervações catecolaminergica e colinergicas (projeções moduladoras que selecionam ou ignoram estímulos salientes, flexibilizando o comportamento em favor do objetivo).
A cognição é um fenômeno derivado do funcionamento dos circuitos cerebrais, result…

Meditação Cognitiva

Imagem
1.TÉCNICAS DE RELAXAMENTO
(Relaxamento muscular progressivo, Respiração controlada, Distração, Aprendizado Mozart)

Sugiro que logo ao acordar realize a prática A e B.
Tome café da manhã e realiza a prática C.
Almoça.
No fim do dia, próximo ao horário de dormir, faça a prática D.

A.Relaxamento Muscular Progressivo
Irá contrair (5 segundos) e relaxar (10 segundos) cada um dos músculos a seguir (um por vez nesta sequência): testas, olhos, queixos, pescoço, ombro, parte superior das costas, bíceps, antebraços, mãos, abdômen, virilha, perna, quadril, coxa, nádegas, panturrilhas, pés. Lembra do tempo de contração e de relaxamento.

B.Respiração Controlada
A prática deve levar 4minutos (coloque um despertador programado).
Coloque uma mão sobre a parte superior do tórax e a outra sobre seu abdômen. A mão sobre seu abdômen se moverá para fora quando você inspira.
Inspire lentamente contando até 4 e expire contando até 4 calmamente, repita até finalizar os 4 minutos.

C.Distração
Pratique a dist…