Relacionar-se

Pondo-me no mundo entre mim com tantos outros
responsabilidades do eu frente estes tantos outros
fuga, luta, resiliências.
Laços,
afetividade,
responsabilidade,
cuidados.
No emaranhado das relações
meu sentir
meu pensar
é escravos de tantas demandas de mim e de outros.
Cuidando-me neste existir
venho e vou
vou e venho.

Achando-me sem lhe frustrar
busco-me neste outro que se busca em mim
sem perder-me de mim
encontro-me nos laços.
#03 nov 2012#

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fundamentos da Psicologia Analítica: Primeira Conferência

Dificuldades encontradas pelo professor em sua prática docente